top of page

Hemorroida tem cura?

Essa é a pergunta de milhões! Mas antes de responde-la, vamos explicar que hemorroidas, nome dado aos vasos sanguíneos do reto ou do ânus quando estão dilatados ou inflamados, devem afetar quase metade da população mundial em algum momento da vida. Então, para saber como curar hemorroidas primeiramente é preciso saber qual o tipo.

Vamos por partes... Elas podem ser externas ou internas: enquanto as externas são formadas no final do canal anal e causam dor, coceira e irritação, as internas provocam normalmente sangramento.



O intestino preso e fezes endurecidas dificultam o processo de drenagem do sangue e, como consequência, promovem a formação de hemorroidas. Mas outros fatores podem desencadear o problema. Dentre eles estão a obesidade, sedentarismo, alimentação pobre em fibras, idade avançada e até mesmo a gravidez.


As hemorroidas não causam dor necessariamente. O incômodo geralmente aparece quando elas estão mais inflamadas ou quando há complicações, como a trombose. Mas há outros sinais que caracterizam o problema, tais como inchaço das veias, coceira e sangramento na região anal, dor ou ardor durante ou após a evacuação e saliência palpável do ânus.


O ideal é procurar o médico o quanto antes caso haja sangramento anal intenso, seja acompanhado ou não de fezes, e endurecimento da saliência externa que se formou no ânus.


Mas tem cura?

Tem! Antes de escolher qual tratamento adotar, é preciso ir ao médico para fazer o diagnóstico. Ao relatar os sintomas, o especialista deve realizar o exame de anuscopia, para saber se o problema de fato é a hemorroida.


O médico vai indicar o melhor tratamento de acordo com o grau e a intensidade da hemorroida. Mas há medidas que você pode adotar para melhorar a sua saúde, como ter uma dieta rica em fibras e consumir cerca de dois litros de água durante o dia para não precisar fazer muita força para evacuar. Banhos de assento com água morna por cerca de 15 a 20 minutos diariamente também costumam ser ótimos aliados, pois ajudam a aliviar a dor e o desconforto na região.




Além disso, para reduzir a inflamação de hemorroidas internas e externas, as pomadas e os remédios analgésicos e anti-inflamatórios, sempre recomendados pelo médico, podem ser acrescentados no tratamento.


Em alguns casos, porém, especialmente quando as hemorroidas são muito grandes ou aparecem com muita frequência, o ideal é que o paciente passe por uma cirurgia para eliminá-las.


Caso tenha hemorroidas, o recomendável é seguir algumas orientações para aliviar os sintomas:

Não use papel higiênico que irrita e aumenta a inflamação.

Lave a região anal e seque com toalha de algodão.

Tenha uma alimentação balanceada, de preferência rica em fibras e frutas frescas.

Ingestão de ao menos dois litros de água por dia.

Evitar ingerir bebidas alcoólicas.

Respeite a necessidade de evacuar.

Permaneça sentado no vaso sanitário somente o tempo necessário para evacuar.

Na hora de evacuar, relaxe. Isso porque depositar muito esforço afeta as veias que podem já estar enfraquecidas.

Pratique atividades físicas.


Você conhece alguém que sofre com hemorroidas?


Você sabia que temos um E-book especial sobre Hemorroidas? Adquira aqui


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page