top of page

Tratamento para hemorroidas sem cirurgia

As hemorroidas estão entre os principais tabus quando o assunto é saúde.


Essas dilatações de vasos sanguíneos no canal anal são, em grande parte, inofensivas, mas podem causar grande incômodo. No entanto, ainda que a busca por tratamento seja comum, muitos pacientes se sentem inseguros quanto ao método cirúrgico tradicional. A ligadura elástica surgiu, então, para oferecer mais conforto e eficácia no cuidado com as hemorroidas.


A ligadura elástica é um procedimento feito em consultório no qual é colocado um elástico na base no tecido hemorroidário, sem necessidade de aplicação de nenhum tipo de anestésico ou sedação.


Mediante uma anuscopia, que permite a visualização das hemorroidas, o elástico é disparado e permanece por dois a três dias. Depois, aquele tecido necrosa e cai sem que a pessoa sinta, normalmente, ela percebe por causa de um pequeno sangramento.

Arraste para o lado e conheça mais. Lembrando que é indispensável a avaliação de um profissional especializado e que cada tratamento é individualizado e personalizado.


Como é feito - É realizado em sessões, com intervalos de 30 a 40 dias entre cada procedimento. A ideia é interromper o fluxo sanguíneo arterial do tecido hemorroidário e, consequentemente, fazer um tratamento não operatório. É uma maneira de curar principalmente aquelas hemorroidas em que só ocorre sangramento e, em alguns casos, as maiores, em que acontece a saída do ânus.


Benefícios - Além de ser ambulatorial, sem necessidade de internação e sedação, por exemplo, a principal vantagem do tratamento por ligadura elástica é a rápida recuperação do paciente – é possível retornar às atividades normais do dia a dia em algumas horas, entre 8 e 12 horas após a consulta.


Contraindicações - Pode ser contraindicado nos pacientes que apresentam doença hemorroidária interna associada à externa, pois o tratamento serve apenas para doença hemorroidária interna, entretanto, podemos associar outros métodos.

Por isso, uma prévia avaliação médica é essencial para classificar cada caso.


Ficou alguma dúvida?


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page